A investigação no Laboratório de Física UL

gaspar_2009-lful-p

Autor
Júlia Gaspar
Edição e Ano
Lisboa: Centro Interuniversitário de História das Ciências e da Tecnologia, 2009
Nº de páginas 238 pp.
ISBN 978-989-96231-1-8

ENCOMENDAR

Sinopse

Este trabalho pretende dar um contributo para uma história social e cultural do Laboratório de Física da Universidade de Lisboa (LFUL), enquanto centro de investigação, no período 1929-1947. O seu enfoque é a pequena comunidade de físicos do LFUL e, em particular, os seus trabalhos em espectrografia de raios X, radioactividade e física nuclear quer ao nível do programa da formação dos estagiários, quer enquanto actividade de investigação. São aspectos importantes desta história social e cultural, as relações com o Núcleo de Matemática, Física, e Química e com físicos estrangeiros de passagem por Lisboa, o envolvimento nas eleições de 1945 e, ainda, a criação da Gazeta de Física e da Portugaliae Physica. Pretende-se assim contribuir para uma história da física em Portugal, ainda por contar, e que deverá integrar as tentativas de investigação e seu desenvolvimento nas universidades portuguesas, na senda do que já foi publicado noutros países.

Índice

  • I. INTRODUÇÃO, p. 13
  • II. CRIAÇÃO DE CONDIÇÕES PARA A INVESTIGAÇÃO (1929-1935), p. 27
    1. Os primeiros bolseiros no estrangeiro
    2. A acção da Junta de Educação Nacional
    3. Especializações de Valadares e Marques da Silva no Laboratoire Curie
    4. Os anos da crise na investigação
    5. O difícil arranque da investigação no LFUL
  • III. CONSOLIDAÇÃO DA INVESTIGAÇÃO NO LFUL (1936-1939), p. 75
    1. O Instituto para a Alta Cultura substitui a JEN
    2. O Núcleo de Matemática, Física e Química
    3. Actividades de Valadares
    4. Outras actividades no LFUL
    5. Génese da escola de investigação e facetas da intervenção de Cyrillo Soares
  • IV. INVESTIGAÇÃO EM TEMPO DE GUERRA (1940-1945), p. 105
    1. Criação dos Centros de Estudos do IAC
    2. Contactos com físicos em trânsito por Portugal
    3. Especialização de Gibert em Zurique
    4. Uma escola de investigação
    5. Portugaliae Physica - uma revista veículo de uma comunidade física emergente
  • V. ÚLTIMOS ACONTEClMENTOS NO CEF (1946-1947) , p. 187
    1. O impacto da vitória dos aliados na vida dos investigadores
    2. Os anos da mudança
    3. O nascimento da Gazeta de Física
    4. Últimas investigações
    5. O afastamento compulsivo em 1947
  • VI. APRECIAÇÕES FINAIS, P.221
  • Fontes e Bibliografia, p. 229